TOPs


Listas são uns trens que gosto de fazer.

Gosto mesmo, coloco minha cabeça para funcionar de uma maneira diferenciada de tudo que costumo fazer.

É algo interessante ficar fazendo levantamentos nostálgicos de momentos, lugares, coisas que gostamos. Bom, é o que eu acho.

A lista de agora é sobre os 8 álbuns musicais que mais gostamos. Não conseguirei colocar em ordem de favoritismo, então irei postar em ordem de reminiscência.

1 – Deja Vu – Crosby Still Nash & Young (Com certeza uma das coisas que gosto pacas);

2 – Acústico Nirvana – Nirvana (pensei por alguns segundos em postar o Nevermind, mas não, melhor colocar logo o acústico);

3 – The Wall – Pink Floyd (poderia ter postado o Dark Side Of The Moon, sim, mas gosto mais do The Wall mesmo);

4 – Legend – Bob Marley (cd bão demais da conta sô, reagge de responsa e excelente em momento para refletir);

5 – Acústico Scorpions – Scorpions (Tive momentos memoráveis escutando ele);

6 – Como é que se diz eu te amo – Legião Urbana (Só faltou ter as músicas “Quase Sem Querer” e “Por Enquanto”, para ser mais perfeito);

7 – Acústico Lulu Santos – Lulu Santos (Sem comentários);

8 – The Best of 1980-1990/1990-2000 – U2 (aqui me atrevo a postar 2 álbuns, fica sendo como se fosse um álbum duplo)

Pode perceber-se aqui, uma predileção minha para álbuns de coletaneas ou acústicos, que também é uma compilação, mas costuma mesmo ser de minha preferencia tais generos.

Bom, abraços a todos e até.

Fazer uma playlist é dificultante. Nossa, como necessita de uma elaboração relembrante de momentos… Bom, isso no meu caso.

Como venho escrevendo exatemente sobre os assuntos que podem causar depressão (hehehe, como diz ai a Bella Italiana), vou fazer minha lista também só para sair um pouco do meu óbvio, mas já já volto com algum texto…

Estou decididamente interessado a entender minhas predileções por certas músicas, mas acredito piamente de que não será possivel 100% com essa lista, pelo simples fato de que posso não fazer justiça com alguma, mas tentarei colocar algumas que mexem comigo.

Mas tenho certeza de que as que se encontram aqui, estão entre as bambambans do meu coraçãozinho. Não que efetivamente me fazem chorar rios de lágrimas, mas que eu fico emocionado e melancólico e pensativo e trágico e “revoltado” e… Whatever.

1 – Pink Floyd – Mother;
2 – Dire Straits – Brothers In Arms;
3 – Black Sabbath – Changes;
4 – Enya – Only Time; (escutei muito esse música enquanto lia um dos livros mais fodásticos que já conheci)
5 – Cat Stevens – Lady d’Arbanville;
6 – Bryan Adams – Please Forgive Me;
7 – Lifehouse – Only One; (Várias musicas deles, mas essa tá bem escolhida)
8 – Fabio Junior – PAI (essa música me fazer chorar horrores).

Que coincidência absurda: 1 – Mother e 8 – Pai, não foi pensado não, foi coincidência mermo.

Não irei colocar Iris do Goo Goo Dolls na lista pelo simples fato dela ser hours concours para mim.
Abraços a todos e espero que gostem.

Ah…nem sei exatamente porque…mas eu sinto que o amor está no ar. Nem é porque Obama foi eleito ou a Veja fez uma capa sobre Aborto. Na verdade…quero falar disso porque se for para falar dos acontecimentos diários no mundo…bom, alguém morre de depressão. Ou tédio.

Então..em mais um Top número estranho, criei o Top-8-músicas-românticas-que-me-dão-vontade-de-chorar. Sei que só não são só 8 músicas que me dão vontade de chorar. Mas essas quase que causam uma combustão instantânea.

Preparem os lencinhos.

8 – She talks to Angels – Black Crowes.
7 – Tears in Heaven – Eric Clapton.
6 – Hurt – Johnny Cash.
5 – Black – Pearl Jam.
4 – Love me tender – Elvis.
3 – Chão de Giz – Zé Ramalho.
2 – Who wants to live forever – Queen.
1 – Stormy weather – Etta James.

Ah…vou dizer viu?! Eu estava travada. A inspiração estava pior do que sanitário de bar de faculdade e eu estava realmente pensando em assuntos variados e questões diferentes para tratar. Talvez reciclar algum texto do passado? Talvez escrever sobre a Faixa de Gaza? Não, não. E a crise? Ah…a crise!!! Eu até gosto de crises econômicas mundiais. É a única vez em que consigo convencer minha mãe de que realmente não tenho dinheiro para NADA!

Enfim a inspiração veio lendo Weblog (obrigada PD). Simplesmente pelo fato de que eu gosto da letra do site, das cores. Isso me anima a escrever e a ler. Até porque eu ODEIO Arial e Times New Roman. Simplesmente odeio. Quando eu mexo nas planilhas dá para saber que fui eu quem mexeu porque – além da bagunça básica – eu troco toda a configuração de letra. Antes era Trebuchet e agora é Calibri.

Mas lembrei de algo que é praxe e não fiz!!! Minha lista de resoluções para 2009! E agora? A verdade é que eu nem ligo muito para isso. Cansei de fazer listas e listas do que eu queria e não cumprir nem metade. Mas posso dizer o que eu tenho feito ESSE ANO que eu deveria ter feito anos e anos atrás. Então criei o fabuloso TOP 4 –coisas- que-a-mocinha-deveria-ter-feito-mas-não-fez-e-agora-corre-atrás-do-prejuízo.

1 – A-C-A-D-E-M-I-A. (segurem as risadas por respeito!) Só a palavra me deixa doente. Odeio academia. Odeio o suor alheio. Mas decidi que depois de passar 4 anos exercitando o cérebro eu precisava prestar mais atenção aos fatores externos. Fiz um plano de 1 ano para não ter desculpas em uma academia só para mulheres. Isso mesmo. Sem suores masculinos, sem odores estranhos depois que eles saem do aparelho, sem aparelhos bizarros que parecem saídos das Olimpíadas.

2 – Ler um livro por semana. Estou conseguindo. Estamos na 3ª semana de 2009 e já li 3 livros – começando o 3º hoje. Sei que há um certo atraso no planejamento mas muita calma nessa hora! Mas ajuda muito viver numa cidade em que 3 horas de trânsito é fichinha. Ajuda mais ainda eu morar na Zona Norte e trabalhar na Zona Sul. Fato: com 4 horas para chegar em casa dá p/ ler MUITO!

3 – Parar de entrar no Orkut 675301356056601253 vezes por dia. É…estou em fase de reabilitação. Ainda não alcancei o número saudável de visitas ao Orkut que é de apenas 5 milhões. Mas tenho fé que me curo antes da Amy Winehouse morrer. Eu prometo!

4 – Encontrar alguém que possa ler meu futuro. À procura. Envie e-mails ou deixe mensagens se souber de alguém.

E no momento:

Lendo – “Água para elefantes – Sara Gruen”
Ouvindo – Eric Clapton – Change the world
Último filme no cinema – Marley e eu (Blazé!)

Então gritem comigo: FELIZ ANO NOVO e chega de neuras pelo-amor-de-deus. Que agora a gente cresceu!

I´m back!

Rá!